resíduos sem tratamento

Riscos dos resíduos sem tratamento para o meio ambiente

Os resíduos que não recebem tratamento adequado podem afetar o meio ambiente. Além disso, são nocivos para a saúde humana. Atualmente, o tratamento e a destinação adequada dos resíduos são hoje um dos maiores desafios das empresas. Quando gerenciados de forma adequada, os resíduos podem, até mesmo, adquirir valor comercial. Dessa forma, podem ser introduzidos no mercado como matéria-prima para novos produtos. Vale ressaltar que o reaproveitamento de resíduos promove bons resultados nos âmbitos social, ambiental e econômico.

Entenda os riscos de resíduos sem tratamento para o meio ambiente neste texto!

Impactos dos resíduos sem tratamento para o meio ambiente

O consumo exacerbado é incentivado pela nossa cultura. O resultado disso são toneladas de resíduos produzidos todos os dias, e consequentemente os problemas causados por eles.

A destinação inadequada dos resíduos sem tratamento tem consequências. São elas:

  • o alagamento de algumas cidades em períodos de chuva, ocasionado pelo entupimento de bueiros por lixos;
  • a poluição de rios, lagos e mananciais, seja por chorume ou pelo produto da degradação dos resíduos;
  • o efeito estufa, já que a decomposição gera gás metano, que é considerado um dos gases mais agressivo à camada de ozônio.

Poluição atmosférica

A poluição atmosférica, causada pelos resíduos sem tratamento, está relacionada à contaminação por gases, partículas sólidas, líquidos em suspensão, material biológico ou energia, por exemplo.

As consequências da poluição atmosférica para o meio ambiente e para a população são muito graves! Além disso, a poluição do ar é uma das grandes responsáveis pelo aquecimento global.

Poluição hídrica

Ela é caracterizada pela introdução de qualquer resíduo que altere as propriedades de um determinado corpo de água. Ou seja, os resíduos sem tratamento quando entram em contato com o corpo de água o contamina. Os principais causadores da poluição hídrica são os efluentes industriais (produtos químicos, metais pesados, por exemplo), agrícolas (fertilizantes outros tipos de agrotóxico) e o esgoto doméstico.

Poluição do solo

Os resíduos sem tratamento quando em contato com o solo são capazes de causar mudanças na natureza ou na composição da terra. Esse tipo de poluição é perigoso porque pode tornar a solo inútil e infértil. Além disso, pode de gerar riscos à saúde dos humanos, dos animais e das plantas. Em síntese, a principal causa dessa poluição é provocada pelo acúmulo de resíduos em áreas irregulares de descarte.

Poluição visual

Pode ser considerado o prejuízo ambiental mais perceptível. O abandono de resíduos expostos em locais inapropriados também é considerado poluição visual. Este tipo de poluição é responsável pela degradação das cidades.

Formas de tratamento e destinação de resíduos

 Veja os principais tipos de tratamento dos resíduos:

Reciclagem

Esse tipo de tratamento consiste da reintrodução dos resíduos no processo de produção. A reciclagem tem diversas vantagens, econômicas e/ou sociais. Uma delas é a economia da energia gasta nos processos de produção. Além disso, diminui-se a utilização de matéria-prima virgem.

Compostagem

A compostagem de resíduos de jardinagem é um processo natural de decomposição que transforma as sobras em adubo. O seu objetivo principal é o reaproveitamento de matéria orgânica, originando um produto denominado “composto”. Ele pode ser aplicado no solo e apresenta várias vantagens em relação aos fertilizantes químicos de síntese utilizados por muitos.

Para ser aplicado aos resíduos sólidos urbanos, necessita-se de um rigoroso processo de triagem de sua fração orgânica para livrá-lo de componentes tóxicos ou perigosos.

Aterro Sanitário

O aterro sanitário é um local no qual o resíduo sólido é destinado para decomposição final. Nesse local o resíduo orgânico é compactado por equipamentos especiais e enterrado diariamente com terra, como o intuito de evitar:

  • infiltração das águas de chuva;
  • proliferação de vetores;
  • emissões de gases.

São implantados em áreas que atendem a critérios técnicos, visando a proteção ambiental, a garantia da saúde pública e a manutenção da estética.

Incineração

Incineração é um tipo de tratamento de resíduos que consiste na redução de peso e volume do lixo pela combustão controlada. Este tipo de processo é muito utilizado para o tratamento de resíduos hospitalares e industriais no Brasil. Porém nos países desenvolvidos é empregado para os demais tipos de resíduos. A incineração contribui para reduzir o volume de resíduos dispostos em aterros. Além disso, é um tipo de tratamento mais sustentável, pois durante a queima é possível gerar energia.

Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox