Reciclagem do alumínio

Reciclagem do alumínio: entenda como fazer e gere renda

O alumínio é um metal reciclável que dá um bom retorno financeiro para os trabalhadores e empresas envolvidos nesta área. O processo de reciclagem consiste, primordialmente, na reutilização do alumínio para a confecção de novos produtos.

Uma grande parte do alumínio que é reciclado no Brasil tem como origem as latas de refrigerantes, cervejas e sucos. Outros produtos fabricados com alumínio podem ser reciclados. É o caso, por exemplo, de esquadrias, janelas, portas, componentes de eletrodomésticos, sobras das indústrias, entre outros.  

Vantagens para o meio ambiente

As latas de alumínio são utilizadas em grande escala pelas indústrias. Portanto, se estas latinhas não fossem recicladas, seus prováveis destinos de descarte seriam os aterros sanitários. Na pior das hipóteses, elas acabariam, certamente, em rios e terrenos. Como elas levam entre 100 e 500 para se decompor no solo, seria gerada uma grande poluição e imensos prejuízos ambientais. Dessa forma, a reciclagem destas latas é de fundamental importância para o meio ambiente.

Vantagens sociais e econômicas

Milhares de catadores de materiais recicláveis, organizados em cooperativas, vivem atualmente desta atividade. Grande parte da renda deles tem como origem a reciclagem de latinhas de alumínio. Esta atividade é de extrema importantância  para gerar emprego e renda no Brasil. É bom lembrar, também, que há no Brasil muitas empresas de reciclagem de alumínio. O processo de reciclagem de alumínio é muito mais barato e consome menos energia do que a a sua produção primária.

Processo de reciclagem do alumínio

1º – As latas e outros materiais de alumínio, que já foram usados e descartados, são encaminhados para a reciclagem. A coleta seletiva do lixo é de fundamental importância nesta etapa inicial, pois separa o lixo orgânico do reciclável.

2º – Ocorre a separação das impurezas;

3º – Todo alumínio é picotado;

4º – Este material já limpo é fundido a 700ºC;

5º – O processo de fundição (derretimento) gera o alumínio líquido;

6º – O alumínio líquido é transformado em lingotes ou chapas de alumínio. Estes são vendidos para as indústrias que fabricam produtos e embalagens de alumínio. Dessa forma, o material retorna a cadeia produtiva.

Do descarte a reutilização (fabricação de produtos com alumínio reciclável), o processo dura de 30 a 40 dias.

Como gerar renda?

É bastante amplo o mercado de resíduos para a reciclagem. É possível obter o alumínio reciclado a partir de esquadrias de janelas, componentes automotivos, eletrodomésticos, latas de bebidas, entre outros.

Não danificando a estrutura do metal a reciclagem do alumínio permite que o reciclado seja reutilizado na produção de qualquer produto com o mesmo nível de qualidade do alumínio produzido por mineração.

Suas características permitem a sua utilização nas indústrias de embalagens, estimulando assim as empresas produtoras de laminados e folhas de alumínio. Também são empregados em outros grandes mercados consumidores, como na fabricação de embalagens de produtos farmacêuticos, de higiene e limpeza, de bebidas e de alimentos.

Com essas informações, concluímos que a reciclagem do alumínio é parte importante do seu ciclo de vida. Quanto maior a quantidade de reciclado, mais são minimizadas as emissões causadas pela fusão do metal usado.

Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox